Principal Calendário Fale Conosco Outros Sites Mapa do Site
 Busca 
Pesquisas Conjunturais Últimas Notícias         Imprimir         Enviar por E-mail      Baixar Arquivo no Formato PDF
  Mês/Ano  
Ver tabelas

JUNHO 2018

Indústria goiana avança 20,8% em Junho

De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM/IBGE), a produção industrial de Goiás teve o terceiro maior crescimento do Brasil (20,8%) na série com ajuste sazonal, ou seja, na passagem de maio para junho de 2018 e registrou o maior crescimento da história na série, o qual foi impulsionado pelo fim da greve dos caminhoneiros que ocorreu durante o mês de maio. Nesta mesma comparação o Brasil apresentou alta de 13,1%. Dos quinze locais pesquisados, apenas dois apresentaram taxas negativas. Desta forma, percebe-se que o fim da greve já citada impactou positivamente a indústria nacional, uma vez que com o fim desta, as indústrias nacionais voltaram aos seus processos normais de produção. Os únicos estados que registraram queda na série com ajuste sazonal foram Amazonas (-1,1%) e Espírito Santo (-2,0%). Por outro lado, Paraná (28,4%), Mato Grosso (25,6%) e Goiás (20,8%) registraram as maiores taxas.

Na comparação com junho de 2017, na série sem ajuste sazonal, a indústria goiana recuou 2,1%. No acumulado de janeiro a junho a taxa foi de -3,2% e em doze meses, 2,1%. O setor industrial brasileiro, por outro lado mostrou aumento de 3,5%, com onze dos quinze locais pesquisados apontando taxas positivas. Além de Goiás, Espirito Santo (-7,3%), Ceará (-3,6%) e Mato Grosso (-0,1%) assinalaram quedas. Tabela 1.

Entre as atividades da indústria goiana, apenas quatro apresentaram taxa positivas: fabricação de outros produtos químicos (36,9%), fabricação de produtos de minerais não-metálicos (24,9%), fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (7,5%) e fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (2,3%). A nível nacional, apenas três registraram taxas negativas: fabricação de produtos alimentícios (-2,8%), fabricação de outros produtos químicos (-1,9%) e fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (-1,8%), conforme apresentado na Tabela 2.

A queda na série sem ajuste sazonal, na comparação com junho do ano passado, foi pressionado, principalmente, pelos recuos observados nos setores de produtos alimentícios (açúcar VHP, cristal e extrato, purês e polpas de tomate) e metalurgia (ouro em formas brutas para usos não monetários e ferroníquel). O índice nos últimos doze meses ainda permanece com comportamento positivo, com destaque para os avanços vindos dos setores associados à fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias; fabricação de fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos e fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (Tabela 2).

Diante do crescimento geral na indústria, os resultados resgatam a confiança dos empresários e consumidores, apontando possível aumento no setor no mês de julho, podendo expandir a recuperação da atividade nos meses seguintes e para os demais setores, como comércio e serviço. Desta forma, espera-se crescimento nas métricas de acumulado do ano (de janeiro ao mês apresentado) e no acumulado em 12 meses tanto para Goiás, quanto para todo país.

 
 

Tabela 1 - Indicadores Regionais da Indústria -junho/2018

Local

Taxa de Variação (%)

Com Ajuste Sazonal

Sem Ajuste Sazonal

Junho 18/ Maio 18

Junho 18/    Junho 17

Acumulado Junho 18 *

Acumulado 12 meses **

Brasil

13,1

3,5

2,3

3,2

Nordeste

12,3

6,6

-0,3

0,3

Amazonas

-1,1

4,2

15,6

10,8

Pará

2,8

13,3

7,9

9,9

Ceará

6,8

-3,6

0,3

2,3

Pernambuco

13,5

10,0

3,4

0,6

Bahia

11,6

9,0

0,4

1,8

Minas Gerais

7,1

0,4

-1,7

-0,6

Espírito Santo

-2,0

-7,3

-5,5

-3,3

Rio de Janeiro

2,2

2,2

3,4

4,0

São Paulo

14,8

4,0

4,8

5,8

Paraná

28,4

9,7

1,0

2,8

Santa Catarina

16,8

3,5

3,9

4,8

Rio Grande do Sul

17,0

1,1

0,3

-0,3

Mato Grosso

25,6

-0,1

-0,2

4,6

Goiás

20,8

-2,1

-3,2

2,1

Fonte: IBGE

Elaboração: Instituto Mauro Borges/Segplan-GO/ Gerência de Contas Regionais e Indicadores 2018.

*Base: Igual período do ano anterior

**Base: últimos doze meses anteriores

  

Tabela 2 - Produção Industrial (Goiás e Brasil – Taxa de Crescimento (%) – junho/2018

Atividades

Taxa de Variação (%)

Sem Ajuste Sazonal

junho 18/  junho 17

Acumulado

janeiro-

junho 18*

Acumulado 12 meses

Brasil

Indústria Geral

3,5

2,3

3,2

 

Indústria Extrativa

1,6

-0,7

0,1

 

Indústria de Transformação

3,7

2,8

3,6

 

Fabricação de produtos alimentícios

-2,8

-0,6

1,9

 

Fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis

11,4

0,9

0,1

 

Fabricação de outros produtos químicos

-1,9

-2,8

-0,4

 

Fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos

-1,8

3,6

-1,0

 

Fabricação de produtos de minerais não-metálicos

4,8

-1,0

-0,6

 

Metalurgia

3,3

5,8

5,6

 

Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos

1,1

0,4

0,2

 

Fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias

26,7

18,3

20,3

 

Goiás

Indústria Geral

-2,1

-3,2

2,1

 

Indústria Extrativa

-3,7

0,6

0,9

 

Indústria de Transformação

-2,0

-3,4

2,2

 

Fabricação de produtos alimentícios

-5,8

-4,9

-0,7

 

Fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis

2,3

-4,8

7,3

 

Fabricação de outros produtos químicos

36,9

-8,1

-7,2

 

Fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos

-2,2

2,5

9,0

 

Fabricação de produtos de minerais não-metálicos

24,9

8,7

-2,4

 

Metalurgia

-11,2

-2,0

3,6

 

Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos

7,5

-12,4

-14,8

 

Fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias

-6,3

5,1

20,7

 

                 

Fonte: IBGE

Elaboração: Instituto Mauro Borges/Segplan-GO/ Gerência de Contas Regionais e Indicadores 2018.

*Base: Igual período do ano anterior

 

Quadro 1 - Produtos de maior influência por atividade- Goiás - junho de 2018

 

Atividades de

Indústria

Junho 2018 / Junho 2017

Acumulado Janeiro-Junho

Descrição do Produto

Sinal

Descrição do Produto

Sinal

 

 

 

 

 

 

Indústrias

Extrativas

minérios de cobre embruto ou beneficiados

amianto em fibras ou em pó

fosfatos de cálcio naturais, fosfatos aluminocálcicos e cré fosfatado

pedras britadas

castinas e pedras calcárias

-

-

-

+

+

minérios de cobre embruto ou beneficiados

amianto em fibras ou em pó

fosfatos de cálcio naturais, fosfatos aluminocálcicos e cré fosfatado

castinas e pedras calcárias

pedras britadas

+

-

-

+

+

 

Produtos

Alimentícios

açúcar vhp

açúcar cristal

óleo de soja refinado

carnes de bovinos frescas ou refrigeradas

extrato, purês e polpas de tomate

-

-

+

+

-

açúcar vhp

açúcar cristal

milho preparado ou conservado

óleo de soja embruto

carnes de bovinos frescas ou refrigeradas

-

-

-

+

+

Coque, Produtos

Derivados do

Petróleo e

Biocombustíveis

álcool etílico

biodiesel

+

 

+

álcool etílico

biodiesel

 

-

+

 

Outros Produtos

Químicos

adubos ou fertilizantes com nitrogênio, fósforo e potássio (NPK)

superfosfatos

adubos ou fertilizantes com fósforo e potássio

adubos ou fertilizantes minerais ou químicos (com nitrogênio e potássio)

fosfatos de monoamônio

 

-

+

+

-

+

adubos ou fertilizantes com fósforo e potássio

adubos ou fertilizantes com nitrogênio, fósforo e potássio (NPK)

adubos ou fertilizantes minerais ou químicos (comnitrogênio e potássio)

superfosfatos

fosfatos de monoamônio

-

-

-

+

+

Produtos

Farmoquímicos e

Farmacêuticos

medicamentos

 

+

 

-

medicamentos

 

-

 

-

 

Produtos de

Minerais Não-

Metálicos

elementos pré-fabricados para construção civil de cimento ou concreto

cimentos "Portland"

chapas, painéis, telhas, canos, tubos ou outros artef. de fibrocimento s/ amianto

massa de concreto

misturas betuminosas fabricadas com asfalto ou betumes

+

+

+

+

-

elementos pré-fabricados para construção civil de cimento ou concreto

chapas, painéis, telhas, canos, tubos ou outros artef. de fibrocimento s/ amianto

cimentos "Portland"

massa de concreto

telhas de cerâmica

+

-

+

+

-

 

Metalurgia

ouro em formas brutas para usos não monetários

ferroníquel

ferronióbio

-

-

+

ferroníquel

ouro em formas brutas para usos não monetários 

ferronióbio

-

-

+

Produtos de

 Metal -

exclusive

Máquinas e

Equipamentos

latas de ferro e aço para embalagem de produtos diversos

esquadrias de ferro e aço

esquadrias de alumínio

estruturas de ferro e aço em chapas ou em outras formas

palha de aço, esponjas ou artefatos semelhantes de fios de aço

+

+

+

+

+

latas de ferro e aço para embalagem de produtos diversos

esquadrias de alumínio

estruturas de ferro e aço em chapas ou em outras formas

esquadrias de ferro e aço

palha de aço, esponjas ou artefatos semelhantes de fios de aço

-

-

-

+

+

Veículos

Automotores,

Reboques e

Carrocerias

automóveis com motor diesel

automóveis com motor a gasolina, álcool ou bicombustível

veículos para o transporte de mercadorias com motor diesel

-

+

+

automóveis com motor diesel

automóveis com motor a gasolina, álcool ou bicombustível

veículos para o transporte de mercadorias com motor diesel

-

+

+

Fonte: IBGE

Elaboração: Instituto Mauro Borges/Segplan-GO/ Gerência de Contas Regionais e Indicadores 2018

 

 








Equipe de Conjuntura do IMB:

Dinamar Maria Ferreira Marques

Jalda Claudino

Rafael dos Reis Costa

Welington José de Souza Filho


Voltar Nosso site disponibiliza várias informações em novas janelas, portanto, desabilite sua ferramenta anti-popup.
IMB - Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos / SEGPLAN / Governo de Goiás - 6.153.999 Visitas
Av. República do Líbano nº 1945, 4º andar, Setor Oeste - CEP:74.125-125. Fone:(62)3201-6695 | (62)3201-6691 - E-mail: imb@segplan.go.gov.br