Principal Calendário Fale Conosco Outros Sites Mapa do Site
 Busca 
Pesquisas Conjunturais Últimas Notícias         Imprimir         Enviar por E-mail      Baixar Arquivo no Formato PDF
  Mês/Ano  
Ver tabelas

JUNHO 2018

O saldo do emprego formal em Goiás foi de 2.173 vagas em junho de 2018

No período de junho de 2018 foram criadas 46.607 vagas e desligadas 44.434 vagas de emprego com carteira assinada em Goiás, resultando no saldo líquido de 2.173 vagas, segundo o CAGED (Cadastro de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho). Esse resultado representa o quarto maior saldo entre as Unidades da Federação para o mês de junho de 2018 (Gráfico 1). A Unidade da Federação que gerou maior saldo de empregos foi Minas Gerais com 12.143 vagas criadas. O pior resultado foi o do Paraná com saldo negativo de 6.609 vagas. Todavia, essas informações não incluem as informações repassadas fora do prazo, logo, esses resultados estão sujeitos a alterações.

Embora o resultado seja positivo para o mês de junho de 2018, é menor do que os meses de junho dos últimos dois anos, os quais a economia goiana já apresentava baixo crescimento (Gráfico 3). O saldo do acumulado do ano foi 31.725 vagas, enquanto que no mesmo período do ano passado esse mesmo saldo era de 39.459 vagas (Tabela 1). Esses resultados sugerem que a economia goiana apresenta recuperação lenta e errática.

Os setores de Serviços, Indústria de Transformação e Construção Civil foram os que apresentaram maiores saldos líquidos no mês de junho, com 1.510, 811 e 573 vagas, respectivamente. Os setores que apresentaram saldo negativo foram o setor Industrial de Utilidade Pública e Agropecuária com saldo líquido negativo de 20 e 886 vagas, respectivamente (Gráfico 4).

Os três municípios com mais de trinta mil habitantes que obtiveram o maior saldo líquido na criação de empregos formais em junho de 2018 foram Inhumas, Goiânia e Aparecida de Goiânia, com saldos líquidos positivos de 865, 740 e 582 vagas, respectivamente. Por outro lado, os municípios de Morrinhos, Formosa e Anápolis foram os que apresentaram os maiores saldos negativos, cujos valores foram 1.256, 706 e 401, respectivamente (Gráfico 5 e Tabela 2).

Em relação ao saldo acumulado do ano, oito municípios goianos figuram entre os cem municípios do Brasil com maior saldo líquido na geração de empregos com carteira assinada, com destaque para Cristalina, Goiânia e Goianésia com saldo líquido de 3.444, 3061 e 1838 vagas, respectivamente (Tabela 3).

 

 

 

 

 

 




Tabela 1 – Estado de Goiás: Saldo – admitidos/desligados por setor de atividades econômicas – junho 2018

Setores

jun/18

No ano**

Em 12 meses***

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)*

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Adm

Desl

Saldo

Var. Estoque (%)

Extrativa mineral

221

117

104

1,29

1.236

876

360

4,62

1.847

2.011

-164

-1,97

Indústria de transformação

8.195

7.384

811

0,33

55.065

46.321

8.744

3,72

97.952

97.048

904

0,37

Prod minerais não metálicos

383

378

5

0,04

2.592

2.635

-43

-0,36

5.350

5.145

205

1,76

Metalúrgica

347

431

-84

-0,73

2.773

2.624

149

1,31

5.036

5.004

32

0,28

Mecânica

239

312

-73

-1,05

2.240

2.168

72

1,07

4.045

4.100

-55

-0,80

Material elétrico e comunicação

128

88

40

1,78

685

527

158

7,36

1.121

1.141

-20

-0,86

Material de transporte

68

71

-3

-0,06

429

425

4

0,08

893

806

87

1,87

Madeira e mobiliário

258

237

21

0,25

1.843

1.727

116

1,38

3.472

3.294

178

2,13

Papel, papelão, editorial e gráfica

243

228

15

0,16

1.618

1.738

-120

-1,29

3.373

3.518

-145

-1,55

Borracha, Fumo e Couros

239

256

-17

-0,22

1.829

1.377

452

6,24

3.253

2.679

574

8,06

Químico, Prod Farmacêutico e Veterinário

2.162

1.277

885

1,55

13.643

7.627

6.016

11,60

21.151

20.633

518

0,90

Têxtil e vestuário

1.064

1.113

-49

-0,19

5.861

6.442

-581

-2,20

11.015

12.416

-1.401

-5,14

Calçados

37

37

0

0,00

234

217

17

1,65

435

441

-6

-0,57

Prod Alimentícios e Bebidas

3.027

2.956

71

0,07

21.318

18.814

2.504

2,66

38.808

37.871

937

0,98

Serviço industrial de utilidade pública

167

187

-20

-0,19

1.101

1.654

-553

-5,14

2.221

3.631

-1.410

-12,13

Construção civil

4.366

3.793

573

0,87

29.148

25.063

4.085

6,43

57.536

55.720

1.816

2,76

Comércio

10.957

10.926

31

0,01

68.469

68.422

47

0,02

137.772

132.851

4.921

1,78

Com varejista

9.114

9.229

-115

-0,05

57.017

57.123

-106

-0,05

115.372

111.193

4.179

1,83

Com atacadista

1.843

1.697

146

0,30

11.452

11.299

153

0,31

22.400

21.658

742

1,52

Serviços

16.708

15.198

1.510

0,32

111.943

102.942

9.001

1,92

211.685

203.794

7.891

1,68

Inst financeiras

135

177

-42

-0,30

1.063

930

133

0,97

2.031

1.796

235

1,72

Com. e adm imóveis

5.010

4.751

259

0,21

34.935

35.115

-180

-0,15

67.777

69.330

-1.553

-1,27

Transporte e Comunicação

2.168

1.665

503

0,85

13.733

10.283

3.450

6,05

24.202

21.865

2.337

4,02

Alojamento, alimentação

7.348

6.379

969

0,54

44.659

42.455

2.204

1,22

87.268

82.093

5.175

2,91

Médicos e odontológicos

1.342

1.163

179

0,34

8.999

7.466

1.533

2,97

16.441

14.640

1.801

3,50

Ensino

705

1.063

-358

-0,78

8.554

6.693

1.861

4,27

13.966

14.070

-104

-0,23

Administração pública

72

22

50

0,16

231

225

6

0,02

343

364

-21

-0,07

Agropecuária

5.921

6.807

-886

-0,83

42.766

32.731

10.035

10,40

72.626

70.316

2.310

2,22

Total

46.607

44.434

2.173

0,18

309.959

278.234

31.725

2,65

581.982

565.735

16.247

1,34

Fonte: MTb - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados lei 4.923/65

Elaboração: Instituto Mauro Borges / Segplan-GO / Gerência de Estudos Socioeconômicos e Especiais.

*    A variação mensal do emprego toma como referência o estoque do mês anterior.

** Resultados acrescidos dos ajustes; a variação relativa toma como referência os estoques do mês atual e do mês de dezembro do ano t-1, ambos com ajustes.

*** Resultados acrescidos dos ajustes; a variação relativa toma como referência os estoques do  mês atual e do mesmo mês do ano anterior, ambos com ajustes.

 

 

Tabela 2 - Estado de Goiás: Comportamento do mercado formal de trabalho, nos municípios com mais de 30 mil habitantes – junho 2018

Município

jun/18

No ano

Em doze meses

Adm

Desl

Saldo

Adm

Desl

Saldo

Adm

Desl

Saldo

Águas Lindas de Goiás

271

252

19

1.701

1.448

253

2.905

2.733

172

Anápolis

2.675

3.076

-401

19.068

17.641

1.427

36.141

33.745

2.396

Aparecida de Goiânia

3.902

3.320

582

25.163

24.866

297

50.431

47.532

2.899

Caldas Novas

783

758

25

4.595

5.004

-409

9.901

9.771

130

Catalão

785

781

4

5.495

4.813

682

10.493

9.736

757

Cidade Ocidental

136

98

38

756

729

27

1.529

1.504

25

Cristalina

947

524

423

6.827

3.383

3.444

10.912

10.764

148

Formosa

770

1.476

-706

5.216

5.198

18

10.302

10.080

222

Goianésia

624

547

77

5.526

3.688

1.838

8.952

8.489

463

Goiânia

16.385

15.645

740

104.728

101.667

3.061

205.773

203.902

1.871

Goianira

151

130

21

905

1.430

-525

1.957

2.529

-572

Goiatuba

186

187

-1

2.213

2.163

50

4.027

3.938

89

Inhumas

1.157

292

865

3.082

2.144

938

5.410

5.472

-62

Iporá

112

100

12

877

784

93

1.609

1.411

198

Itaberaí

462

391

71

2.562

2.216

346

4.792

4.276

516

Itumbiara

1.449

1.100

349

6.892

6.103

789

12.616

12.438

178

Jaraguá

128

145

-17

894

873

21

1.768

1.660

108

Jataí

821

827

-6

6.110

5.008

1.102

10.722

9.597

1.125

Luziânia

788

649

139

4.279

3.797

482

8.849

8.329

520

Minaçu

83

91

-8

665

605

60

1.079

1.330

-251

Mineiros

478

843

-365

3.597

4.085

-488

6.864

7.657

-793

Morrinhos

243

1.499

-1.256

3.516

3.564

-48

5.754

6.464

-710

Niquelândia

162

179

-17

1.764

1.460

304

2.986

3.231

-245

Novo Gama

118

116

2

672

601

71

1.297

1.277

20

Planaltina

359

192

167

1.689

1.311

378

3.139

2.599

540

Porangatu

211

175

36

1.167

1.047

120

2.190

1.969

221

Posse

142

95

47

763

670

93

1.403

1.360

43

Quirinópolis

329

239

90

3.067

1.745

1.322

4.612

3.977

635

Rio Verde

1.807

1.740

67

13.231

11.963

1.268

24.540

23.685

855

Santa Helena de Goiás

313

306

7

3.077

2.219

858

4.616

5.321

-705

Santo Antônio do Descoberto

136

95

41

567

509

58

1.161

968

193

São Luis de Montes Belos

171

161

10

1.080

960

120

1.982

1.815

167

Senador Canedo

439

391

48

2.567

2.724

-157

5.248

5.285

-37

Trindade

383

453

-70

2.802

2.583

219

5.196

4.785

411

Uruaçu

169

127

42

1.343

1.070

273

2.408

2.126

282

Valparaíso de Goiás

419

470

-51

3.108

3.018

90

6.479

6.432

47

TOTAL

38.494

37.470

1.024

251.564

233.089

18.475

480.043

468.187

11.856

Demais municípios

8.113

6.964

1.149

58.395

45.145

13.250

101.939

97.548

4.391

Estado de Goiás

46.607

44.434

2.173

309.959

278.234

31.725

581.982

565.735

16.247

Fonte: MTb - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados lei 4.923/65

Elaboração: Instituto Mauro Borges / Segplan-GO / Gerência de Estudos Socioeconômicos e Especiais.

*  A variação mensal do emprego toma como referência o estoque do mês anterior.

** Resultados acrescidos dos ajustes; a variação relativa toma como referência os estoques do mês atual e do mês de dezembro do ano t-1, ambos com ajustes.

*** Resultados acrescidos dos ajustes; a variação relativa toma como referência os estoques do mês atual e do mesmo mês do ano anterior, ambos com ajustes.

 

Tabela 3 - Municípios goianos melhor classificados no ranking nacional - janeiro a junho de 2018

Ranking nacional

Município

Extrativa Mineral

Indústria de Transformação

SIUP¹

Construção Civil

Comércio

Serviços

Admin. Pública

Agropecuária

TOTAL

14

Cristalina

1

84

-6

86

-31

3

1

3306

3.444

16

Goiania

-4

634

-498

1774

-370

1601

-1

-75

3.061

39

Goianesia

18

1264

2

118

2

476

9

-51

1.838

58

Anapolis

-2

526

22

43

127

701

0

10

1.427

64

Quirinopolis

0

654

0

11

40

452

1

164

1.322

68

Itapaci

7

1091

0

16

1

73

0

106

1.294

69

Rio Verde

-4

393

-14

67

133

364

0

329

1.268

90

Jatai

5

411

46

76

-39

498

1

104

1.102

Elaboração: Instituto Mauro Borges/Segplan-GO/Gerência de Estudos Socioeconômicos e Especiais;

Nota: ¹ Serviços Industriais de Utilidade Pública;

Obs: Valores ajustados com declarações entregues fora do prazo

 

 

Responsável Técnico:

Eduardo Santos Araujo

eduardo-sa@segplan.go.gov.br

 


Voltar Nosso site disponibiliza várias informações em novas janelas, portanto, desabilite sua ferramenta anti-popup.
IMB - Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos / SEGPLAN / Governo de Goiás - 6.163.525 Visitas
Av. República do Líbano nº 1945, 4º andar, Setor Oeste - CEP:74.125-125. Fone:(62)3201-6695 | (62)3201-6691 - E-mail: imb@segplan.go.gov.br