Principal Calendário Fale Conosco Outros Sites Mapa do Site
 Busca 

Pesquisas Anuais

Sobre a PAM - Produção Agrícola Municipal

A pesquisa Produção Agrícola Municipal – PAM, do IBGE, investiga um elenco de mais de 60 produtos, divididos em produtos de lavouras temporárias e produtos de lavouras permanentes. Desde 2004, o IBGE publica antecipadamente dados referentes aos cereais, leguminosas e oleaginosas. No ano de 2005, foram agregadas às 13 lavouras pesquisadas, as culturas do girassol e triticale, totalizando 15 produtos.

Metodologia da coleta
Os dados são obtidos pela rede de coleta do IBGE, mediante consulta a entidades públicas e privadas, a produtores, técnicos e órgãos ligados direta ou indiretamente aos setores da produção, comercialização, industrialização e fiscalização de produtos agrícolas. A coleta de dados baseia-se, portanto, num sistema de fontes de informação, representativo de cada município. A unidade de investigação na pesquisa Produção Agrícola Municipal é o município.

Procedimentos básicos
A investigação é realizada, mediante aplicação de um questionário, por produto agrícola em cada município, consideradas as peculiaridades locais, os aspectos agronômicos, e as fontes existentes ou estabelecidas para realização da tarefa.

As estimativas obtidas pelos agentes resultam de contatos que os mesmos mantêm com técnicos do setor agrícola, com produtores e, ainda, do próprio conhecimento que o agente possui sobre as atividades agrícolas dos municípios ou da região onde atua. Para determinadas culturas consultam-se, ainda, entidades específicas de controle e incentivo, que detêm as melhores informações sobre os produtos de seu interesse.

Conceituação das variáveis investigadas

  • área colhida Total da área efetivamente colhida de cada produto agrícola no município durante o ano de referência da pesquisa.
  • área plantada Total da área plantada de cada cultura temporária no município, passível de ser colhida (no todo ou em parte) no ano de referência da pesquisa, ou, ainda, ter sido completamente perdida devido a adversidades climáticas, bióticas (pragas e doenças), entre outras causas.
  • cereais arroz, aveia, centeio, cevada, milho, sorgo, trigo e o triticale. Limita-se às lavouras plantadas com finalidade de produção de grãos, excluindo as lavouras para produção de grãos verdes (milho verde), para forragem ou silagem, e pastagem (sorgo forrageiro, cevada forrageira, etc.).
  • culturas permanentes Culturas de longo ciclo vegetativo, que permitem colheitas sucessivas, sem necessidade de novo plantio.
  • culturas temporárias Culturas de curta ou média duração, geralmente com ciclo vegetativo inferior a um ano leguminosas: ervilha em grão, feijão, fava, lentilha, grãos-de-bico.
  • oleaginosas: soja, amendoim, colza, girassol, gergelim, linho e mamona.
  • preço médio pago ao produtor Média dos preços recebidos pelos produtores do município ponderada pelas quantidades colhidas ao longo do ano de referência da pesquisa.
  • quantidade produzida Quantidade total colhida de cada produto agrícola no município durante o ano de referência da pesquisa.
  • rendimento médio Razão entre a quantidade produzida e a área colhida.
  • valor da produção Produção obtida multiplicada pelo preço médio ponderado.

Voltar Nosso site disponibiliza várias informações em novas janelas, portanto, desabilite sua ferramenta anti-popup.
IMB - Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos / SEGPLAN / Governo de Goiás - 6.252.058 Visitas
Av. República do Líbano nº 1945, 4º andar, Setor Oeste - CEP:74.125-125. Fone:(62)3201-6695 | (62)3201-6691 - E-mail: imb@segplan.go.gov.br